Dia 922, Uma longa história sobre estrada (Capa comum Europa, EUA, Austrália)

(7 avaliações de clientes)

Edição para venda e entrega na Europa, Estados Unidos e Austrália. Para venda e entrega do livro impresso no Brasil, utilize a versão impressa nacional.

Escrito durante a jornada e abrindo todos os aspectos de uma volta ao mundo, Dia 922, Uma longa história sobre estrada expõe em detalhes e sem tabus a vida nômade de um brasileiro em sua peculiar aventura global sem dinheiro, sem falar outros idiomas e sozinho por 1.135 dias de estrada. Dentre países, biomas e romances locais, este diário é mais do que confusões e paisagens mundo afora. Atacama, Medellín, Madrid, Praga, Budapeste, Ancara ou Teerã, além de muitos outros lugares os quais você experimentará de um modo único. Uma história real sobre sonhar, fazer acontecer e se divertir.

Quero comprar

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Portugal

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Espanha

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Reino Unido

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon França

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Itália

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Alemanha

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Estados Unidos

Comprar e entregar este livro impresso via Amazon Austrália

Para outros países não-listados

Entre na sua conta da Amazon e, no campo de busca, selecione “Livro” e escreva em seguida “Dia 922”. Será exibido ambas as versões do livro. Escolha a versão impressa, confirme o endereço de entrega e pronto.

 

Descrição

Guiando-nos com uma escrita já madura, Aldo não conta, e sim nos mostra suas aventuras em busca de seja lá o que for, expondo a jornada através de capítulos, fotografias, ilustrações e vídeos que flertam com o cinema independente. Mesmo com toda a limitação financeira e linguística, é notória sua capacidade de envolver e registrar as pessoas as quais surgem em cada país visitado, extraindo delas momentos além do crível. Único, provocativo e indiscutivelmente emocionante. Leitura não recomendada para menores de 16 anos.

Demonstração:

Dados do produto:

  • ISBN: 978-65-00-35499-7
  • Autor: Aldo Lammel
  • Edição: 1ª, independente / internacional
  • Nº de páginas: 510
  • Nº de imagens: 29 fotos preto e branco
  • Conteúdo extra: 166 fotos coloridas + 33 mapas + ~5 horas de episódios em filme;
  • Idioma: Português brasileiro
  • Faixa etária: Adulto
  • Formato: Brochura 15×23
  • Papel miolo: Cream paper (creme) 90g/m²
  • Peso: 848g

7 avaliações para Dia 922, Uma longa história sobre estrada (Capa comum Europa, EUA, Austrália)

  1. Gustavo Monteiro

    O Aldo escreve super bem e foi cativante vê-lo terminar o seu projeto da volta pelo mundo agora na forma escrita também.

    Um ótimo livro para quem quer não somente uma viagem do ponto a até ao b, mas também uma grande aventura subjetiva que vá além do olhar prático e pragmático da vida.

  2. Rodolfo Gomes

    Aldo,
    Que maravilhoso é poder ter a sensação de ler cada uma das suas palavras!
    Assisti toda a minisérie. Agora estou embarcando a ler todo seu diário.
    Tenho na cabeça o mesmo sentimento desde quando folheava as velhas enciclopédias quando criança: o mundo nos aguarda, basta querer e se jogar!
    Agradeço de todo coração todo o trabalho que fazes. Isso tem me incentivado demais em meus objetivos e sonhos. Se pudesse, estaria te abraçando agora.
    Gratidão eterna por você existir!

  3. Demétrio De Azeredo Soster

    Acabo de ler este “dia 922: uma longa história sobre a estrada”. Sobre ele tenho a dizer o seguinte, caso lhe interesse, claro:

    1) o livro é muito bem escrito. Parece bobagem iniciar uma avaliação destacando as qualidades estéticas da leitura, mas o fato é que, neste gênero de literatura – as narrativas de viagem; nelas, as de bicicleta – ser bem escrito não é algo que se encontre à farta, e viagens são melhor contadas, sabemos, por quem se demora nas palavras.
    2) traz consigo uma puta história; aliás, várias putas histórias; aqui e ali algum perrengue de arrepiar a nuca.
    3) diferentemente da maioria dos relatos dessa natureza, o tom não é transcendental, e sim lúdico. ou seja, Aldo pega a estrada pra se divertir (com amigos e amigas, principalmente, à razão de uma por país, em média), não para se transformar, espiritualmente falando, ainda que isso ocorra.
    4) é narrativa de viagem; nela, de bicicleta, claro, mas me lembrou, em especial da metade pro fim, literatura beatnik, em particular On The Road, de Jack Kerouac, um dos primeiros livros que li duas vezes sem intervalos entre uma vez e outra antes de pegar a estrada.
    5) se, de um lado, o livro em papel é mega econômico nas imagens – custos, imagino – por meio de um “emulador”, ou código de barras, pode-se chegar a elas. particularmente não gosto desse recurso no diálogo com o impresso porque remete para outro momento que não o livro que se tem em mãos, mas o livro é dele; as opções, também.
    6) insere Aldo no seleto grupo de ciclistas que deram a volta ao mundo de bicicleta – Danilo Perrotti, Charles Zimmermann, Olinto, Arthur Simões etc. – e escreveram sobre isso.

    Ah, ia esquecendo: por que “dia 922”?
    Só lendo o livro pra saber, sorry.

  4. Camila Mininel

    NÃO DÁ PRA PARAR DE LER! Eu já acompanhava a história e estava esperando o livro tinha tempo, e o livro surpreendeu muito! A aventura do Aldo já é um baita história por si só mas o livro, além de trazer muitos fatos inéditos, pensamentos, sensações, leva a gente pra viajar junto. A maneira como foi escrito, a honestidade e a coragem da narração fazem do livro aquela leitura que não queremos parar de ler até chegar ao fim e quando chega queremos mais!
    @mininelcamila

  5. @igor_mariano

    Eu comprei a versão física de “Dia 922” e posso afirmar que é um livro grande, extenso, mas que ainda assim devorei todas as páginas rapidamente. O autor revela suas aventuras pelo mundo com uma sinceridade corajosa, o que é raro em narrativas biográficas, através de uma escrita clara e madura. Muitas vezes ele traz múltiplas camadas de interpretação ao brincar com as palavras, com o próprio protagonismo e com o fluxo temporal, que é recortado, avançado, rebobinado e até interrompido por trechos que só farão sentido no fim da leitura. De todo modo, tudo se encaixa no final e a leitura não se torna cansativa, pois todo o livro foi obviamente pensado nos mínimos detalhes, trazendo inclusive fotos e vídeos que expandem ainda mais a história. Aldo Lammel certamente viveu uma aventura incrível e com “922 dias” nos faz sentir que vivemos uma pequena parte dessa aventura junto com ele. Vale a leitura!

    Via Amazon | Avaliado no Brasil em 6 de fevereiro de 2022.

  6. @matheusfrb_

    Dia 922 certamente entrou para o ranking de melhores livros que já li. Em suma o livro falará sobre a vida na estrada de uma pessoa que rodou o mundo de bicicleta. Por outro prisma, será um exercício de leitura sobre identificar-se com as experiências alheias (pelo menos foi assim pra mim). O autor não se limita a falar apenas sobre aspectos geográficos dos locais por onde passou, ou sobre suas dificuldades físicas inerentes ao estilo de viagem. Ele vai além. Fala sobre relações pessoais, consigo e com o outros, exprimindo, com lembranças vivas, o que pensava ao longo da sua aventura, e te permitindo dividir os sentimentos com ele. É realmente uma leitura envolvente.

    O mais intrigante de tudo – como se já não fosse suficientemente interessante o jeito de se colocar enquanto personagem – é que Aldo, por vezes, te deixa perdido no tempo e espaço, quebrando a expectativa de alguns eventos da história, numa estratégia que por vezes parece ser utilizada para exercer seu direito de preservar a intimidade, outras parecendo ser no intuito de aguçar a curiosidade para os eventos futuros, na perspectiva de que serão mais importantes para você enquanto leitor.

    Seja lá qual fora a intenção, Aldo foi suficientemente detalhista em suas palavras ao ponto de me permitir imergir na história, e instigar a, também, ser mais intenso e atencioso com minhas próprias experiências. Esse livro exala vida. Recomendo demais!

    PS: o livro conta com um portal na internet onde ficam disponíveis as mídias digitais (fotos, mapas e vídeos, esses últimos ainda não finalizados), o que te deixa sempre atualizado em relação a cada etapa da leitura.

    Via Amazon | Avaliado no Brasil em 7 de março de 2022

  7. Danielle

    Bem…demorei, mas cheguei…e cá estou aqui para deixar um comentário. O que dizer deste livro e do grande Aldo?

    Que livrooo! Quantas histórias incríveis!

    Já havia lido alguns capítulos antes de ter o livro físico e lembro que já estava viciada das aventuras de Aldo, e tive o prazer de comprar o livro físico para ler e reler várias vezes.
    Lembro que conheci o canal do Aldo e fiquei fascinada, pois eu estava passando por uma época difícil com o ex namorado com quem passei 8 anos juntos, não estava feliz, eu queria aventuras, viajar e eu queria mudanças, mas decidi tomar uma atitude e terminei o namoro, fiz o meu passaporte, viajei para Buenos Aires, mas infelizmente com a pandemia, não fui viajar ainda, mas o meu sonho de viajar ao Canadá já está em andamento e planejando tudo. Consegui tudo com força de vontade e de não desistir dos meu sonhos.

    Se não fosse pelo vídeos de Aldo no YouTube, não teria tido essa atitude com o meu namoro, pois hoje vivo a minha vida com liberdade, cheia de sonhos, hoje sou muito mais feliz e ele me ajudou a sonhar, acreditar e ter fé que podemos cocriar o que quisermos na vida.

    Aldo, minha eterna gratidão por nos proporcionar aventuras incríveis e guardarei o livro com muito carinho.

    Via Amazon | Avaliado no Brasil em 24 de fevereiro de 2022

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar de…